Grupo São João observa normas em favor do meio ambiente

Publicado por GSJ em

Na sexta-feira (5) foi comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, data instituída pela ONU (Organização das Nações Unidas) com o propósito de chamar a atenção da população em geral para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais renováveis.
No entanto, para o Grupo São João os cuidados com o meio ambiente são observados ao longo de todo o ano. Inúmeras são as medidas adotadas. Entre eles estão a regulagem dos carros para minimizar a poluição do ar e a reutilização da água para a lavagem dos veículos, proporcionando economia e evitando o desperdício.

No combate ao desperdício dos recursos naturais renováveis, a empresa conta com uma cisterna de 60 mil litros que capta a água da chuva para usá-la na lavagem e na limpeza da frota, bem como nas descargas dos banheiros. O sistema é formado por uma caixa d’água de captação, três filtros de purificação e uma caixa de água tratada “com 90% de pureza” e que pode ser reaproveitada cinco vezes no processo de lavagem e de higienização dos veículos da frota.

O técnico em meio ambiente e segurança do trabalho, Alexandre Bovo, ressalta que os cuidados são tomados na rotina diária da empresa, respeitando colaboradores, fornecedores, autoridades, clientes e usuários. “O meio ambiente é muito mais do que o espaço em que vivemos. É, sim, a origem da riqueza. É onde está plantado o amor. Por isso, merece respeito incondicional”, comenta.
Certificado com o ISO 9.001 e com o ISO 14.001 e considerado referência no transporte de passageiros na Região Metropolitana de Sorocaba, o Grupo São João tem a preservação da natureza e dos recursos naturais renováveis como normas.

Para tanto, como seu transporte coletivo e fretado procura proporcionar um trânsito mais organizado, humanizado e com menos poluição. “Para cada ônibus fretado há menos 19 carros de passeio circulando pelas ruas. Isso implica diretamente na melhoria da qualidade do ar que respiramos”, destaca Alexandre Bovo.

Cuidados com a regulagem dos carros da frota, por meio do PMMVD (Programa para Melhoria da Manutenção de Veículos Diesel), uma iniciativa da Cetesb, também são observados pela empresa, que inclusive é certificada pelo IQA (Instituto da Qualidade Automotiva), que testa a emissão de fumaça preta, a chamada RMO, no ar. “O que fazemos não é obrigação, pois acreditamos que esta conduta educacional trará benefícios para diversas gerações”, finaliza.

Categorias: Geral

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *